quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

138 Projetos


As fissuras criaram vida
Já fazem até convenção
Lançam manifestos
Projetos de expansão

Tudo na minha alma.

Fico só olhando
sentindo escapar sonhos
encantos 
e cantos

Tô precisando de poetar
Preciso me arar, sementar, molhar
Colher algumas flores
Sangrar em espinhos limpos.


Athayde Nery de Freitas Junior (da obra Tereré com Água Guarani )

Nenhum comentário:

Postar um comentário